Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Oh no! Books!

Livros, fotografia e viagens. (na verdade, é quase só livros)

Oh no! Books!

Livros, fotografia e viagens. (na verdade, é quase só livros)

#1 — Desafio de escrita dos Pássaros // A Janela

Desafio de Escrita dos Pássaros #1 — ProblemasEste texto foi escrito para o Desafio de Escrita dos Pássaros.
Tema #1 — Problemas, só problemas.

A Janela

Quando abriu a janela sentiu o frio a entrar, franziu as sobrancelhas e voltou a fechar a janela. Não teve outro remédio senão sentar-se no cadeirão que estava junto à janela, a ler e a ser aquecida pelo sol que brilhava do outro lado. Deu um bom avanço no livro, que estava gostar bastante mais do que tinha pensado, mas teve que o pousar na mesa e, contrariada, levantar-se e preparar-se para o almoço com a sua melhor amiga que tinha estado fora do país.

Na garagem, resmungou para dentro quando o comando não abriu à primeira, era sempre a mesma coisa, tinha que carregar no botão várias vezes, mas porque raio aquelas coisas nunca funcionavam, era o que perguntava a si mesma, todos os dias enquanto saía da garagem.

O restaurante estava cheio, claro, era um daqueles restaurantes que subitamente tinha começado a aparecer nas redes sociais e toda a gente queria lá ir para tirar fotos, ninguém parecia estar interessado na comida, o que era uma pena, pois era na verdade deliciosa. Tinham conseguido reservar mesa, através de uma amiga de uma amiga, por isso não iam ter que esperar, mas, como era esperado, não havia lugares para estacionar. Teve que ir dar uma volta e estacionar na rua traseira, e, com tudo isto, estava 5 minutos atrasada.

A amiga tinha estado de férias na Grécia e, como sabia que ela era fã de mitologia, trouxe-lhe um livro que contava as várias histórias e as ligações aos monumentos e templos da Grécia. Agarrou no livro com carinho, planeando já a sua leitura, mas depois lembrou-se que não sabia quando ia conseguir ir à Grécia, estava sempre a pensar em ir, mas depois, por isto ou por aquilo, nunca conseguia.

Voltou para casa e regressou ao cadeirão, onde esperava conseguir terminar o livro. A casa estava minimamente arrumada e não tinha mais compromissos para esse dia. Abriu a janela, mas estava frio, teve que voltar a fechar.

Podem ler os meus outros textos para este desafio.
Espreitem também as outras participações.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.