Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Oh no! Books!

Livros, fotografia e viagens. (na verdade, é quase só livros)

Oh no! Books!

Livros, fotografia e viagens. (na verdade, é quase só livros)

O Kobo Plus chegou a Portugal - vale a pena?

Sei que estou atrasada, já chegou há um bocadinho, mas acho que vale muito a pena falarmos da subscrição Kobo Plus por aqui. Para quem ainda não sabe, sou muito fã de ebooks readers. Comprei o meu primeiro, que foi um Kobo, assim que apareceram por Portugal. Já experimentei Kindle, mas não adorei estar presa à Amazon e voltei ao Kobo.

Apesar de continuar a adorar livros em papel, tenho que confessar que acabo por ler muito mais com o Kobo - anda sempre comigo e qualquer pausa é boa para uns minutos de leitura. Além disso, permite-me ler às refeições, hábito que tenho desde miúda, pois não tenho que estar a fazer malabarismos para segurar no livro e nos talheres ao mesmo tempo.

Já conhecia o serviço de subscrição Kobo Plus há uns tempos, mas sabia que só estava disponível noutros países. Esperei pacientemente que chegasse a Portugal e a espera valeu a pena 💛

Kobo Plus — Vale a pena?.jpeg

O que é o Kobo Plus?

O Kobo Plus é um serviço de subscrição que nos permite aceder gratuitamente a ebooks selecionados. Isto significa que não são todos os ebooks que o Kobo tem disponível, apenas aqueles que fazem parte da subscrição Kobo Plus. Além disso, tenham em conta que não são proprietários dos livros que descarregam com o serviço, apenas os podem ler enquanto tiverem a subscrição ativa.

Neste momento, a subscrição tem o seguinte custo:

  • Apenas ebooks — 5.99€/mês
  • Ebooks + audiobooks — 7.99€/mês
  • Apenas audiobooks — 5.99€/mês

Quem nunca experimentou o serviço tem direito a 30 dias gratuitos independentemente do plano que escolherem - o que vos dá bastante tempo para explorar os livros disponíveis 👍

Podem ler num e-reader Kobo ou na app Kobo. 95% do tempo estou a ler no e-reader, mas se, por algum motivo, me encontro numa fila e sem o Kobo, a app no telemóvel safa-me sempre.

 

Que livros tem o Kobo Plus?

Primeiro, por favor, não se deixem assustar pelas recomendações que fazem no website, honestamente, não sei onde vão buscar aquilo. Não sei se andam à procura dos piores livros ou se têm um algoritmo que é complemente aleatório (ou se calhar são os que vendem mais, não sei),

Em Portugal, o Kobo Plus foi criado em conjunto com a Leya, portanto vão conseguir encontrar muitos livros em português, mas também bastantes em inglês. Para mim, a melhor forma de ver a oferta dos livros (e se a subscrição vale a pena) é através da pesquisa. Pesquisem por aqueles que estão na vossa infinita lista de livros a ler e ativem o filtro "mostrar apenas livros Kobo Plus", desta forma conseguem poupar algum tempo.

Segundo o site da Leya, já há mais de 8000 ebooks em português e mais de 599.000 noutros idiomas.

Acho que vou fazer um post com recomendações de ebooks disponíveis na subscrição, mas deixo aqui alguns que já estão na minha lista (um mix de português e inglês):

  • Tudo de Murakami
  • Tudo de Elena Ferrante
  • O Nome do Vento e O Medo do Homem Sábio de Patrick Rothfuss
  • Pachinko de Min Jin Lee
  • 1984 de George Orwell
  • O Som e a Fúria de William Faulkner

 

Também temos autores portugueses:

  • O Pintor debaixo do lava-loiças de Afonso Cruz (e já lá vi mais dois dele, pelo menos)
  • A Gorda, Isabela Figueiredo
  • Pão de Açúcar do Afonso Reis Cabral

Novamente, isto não é uma lista exaustiva, apenas uma amostra do que já tenho no meu Kobo à espera da sua vez 💛

 

E audiobooks?

Aqui confesso que foi onde a subscrição me desiludiu. Apesar de só custar mais 2€ se já tivermos a de ebooks, acabei por cancelar. De tudo o que tinha para ler, encontrei apenas um em audiobook... Como a subscrição é gerida com a Leya estão, naturalmente, mais focados em obras traduzidas para português. Ora, nós não temos muitos audiobooks em português, logo também não vamos ter muitos na subscrição. A Leya diz que existem mais de 700, mas devem ser obras que não estão na minha lista 😅 Para já não vou aderir, mas vou estando atenta.

 

Então, vale a pena?

Para mim? Sim. Estamos a falar de 5.99€/mês e consigo ler entre dois a quatro livros por mês, portanto acaba por compensar. Se vai valer a pena para sempre? Não sei, quando terminar a minha lista logo vejo se existem mais títulos que me interessem. Posso até fazer uma pausa e ir ler outras obras e depois voltar à subscrição quando me apetecer. Na minha opinião, este serviço é muito bem-vindo e fazia falta para conseguir competir com serviços semelhantes da Amazon.

Já conheciam o serviço? Já aderiram/vão aderir? Se tiverem recomendações, por favor, comentem aqui comigo. Se há coisa de que gosto é de aumentar a lista de livros a ler 😁

Opinião: O Nome do Vento — Patrick Rothfuss

O Nome do Vento.jpeg

Como já sabem, sou ávida leitora de fantasia, mas confesso que nem sempre é fácil encontrar o tipo de fantasia “certo” para mim. Como em tudo, cabe muita coisa dentro de fantasia, mas com o tempo aprendi a perceber se vou ou não gostar de um livro.

O Nome do Vento de Patrick Rothfuss é, felizmente, um dos casos em que acertei. Conheci este livro através da @portasetenta e depois de fazer alguma pesquisa (até porque ele é bem grande) achei que era capaz de gostar - e acertei. 

Não vos consigo contar muito sem spoilers, mas é um livro de fantasia bem sóbrio e realista, onde é fácil esquecer que estamos a ler fantasia - parece-me até ser uma boa introdução ao género. 

É uma história dentro de uma história onde o autor nos conta as suas aventuras que começaram enquanto ainda era apenas uma criança. Graças a este estilo de narrativa, é o livro ideal para ler por longos períodos de tempo, enquanto relaxamos no sofá. O autor construiu um mundo vasto e muito detalhado, cheio de personagens com personalidades muito bem construídas. A melhor maneira de desfrutar dele é deixarmo-nos levar e mergulhar no universo.

A história é sempre muito rica e deixa-nos com vontade de saber o que vem a seguir, mas tive momentos em que gostava que a narrativa acelerasse um bocadinho. O protagonista tem-se (na maioria dos casos) em muito boa conta e, como se fosse real, demora-se nas histórias que acha mais impactantes. Mas não pensem que é um livro aborrecido - não é! Eu é que consigo ser um pouco impaciente 😅

O Nome do Vento faz parte de uma trilogia, mas o terceiro livro ainda não foi publicado. O segundo (O Medo do Homem Sábio) foi editado em 2011, portanto já estamos há 10 anos à espera do último. Confesso que me deixa um pouco de pé atrás, mas não o suficiente para não continuar a ler. Agora vou fazer uma pausa e ler outro livro, mas vou pegar no segundo livro logo de seguida.

Se tiverem uma subscrição do Kobo Plus, tanto este como O Medo do Homem Sábio estão disponíveis ✌️

Já leram? Gostaram?